Lançamento oficial do Fórum de Fundos Soberanos acontece amanhã

Projeto da UFF em parceria com o JFI e governos subnacionais, articula a relação entre ciência, tecnologia e sociedade

O petróleo não é apenas um recurso finito: é também um combustível que precisa ser utilizado de maneira racional e sustentável para que o planeta consiga atingir as metas de mudança climática. Levando em consideração o contexto atual, no qual a ciência é constantemente questionada por alguns grupos sociais, é necessário reafirmar a importância da gestão consciente dos recursos advindos da extração de óleo e gás, para que essas riquezas sejam um instrumento de criação de políticas públicas que possam se manter quando os repasses dos royalties forem encerrados.

Esse é o direcionamento do Fórum de Fundos Soberanos Brasileiros (FFSB), que busca articular a relação entre ciência, tecnologia e sociedade ao propor a troca de experiências e conhecimentos entre comunidade acadêmica, especialistas da área econômica e gestores públicos. Na prática, os fundos soberanos funcionam como uma poupança pública para garantir a implementação de políticas que visam estimular o desenvolvimento local, favorecendo a diversificação e a sustentabilidade econômica a longo prazo.

O Fórum de Fundos Soberanos Brasileiros (FFSB) será lançado oficialmente durante o II Seminário do projeto, que acontecerá nos dias 30/11 e 01/12/22, na sede do Instituto de Economia da UFRJ, com a presença do vice-reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Fábio Passos. O professor participará da assinatura dos termos de cooperação entre os membros da UFF, do Jain Family Institute (JFI) e representantes dos fundos soberanos dos municípios de Niterói, Maricá, Ilhabela e do estado do Espírito Santo, localidades que dependem da extração de petróleo e gás.

Durante o evento, serão lançados ainda dois produtos criados em parceria com os membros do FFSB: a Carta de Princípios Brasileiros, documento que firmará compromissos comuns entre os integrantes do projeto; e a Ferramenta de Modelagem de Cenários de Investimentos (FeMCI), um software de apoio à decisão sobre política de investimentos, que contribui para o aprimoramento da gestão do fundo, por meio de técnicas de modelagem matemática e de análise quantitativa e qualitativa (leia mais aqui).

O seminário contará com a participação de especialistas como Adam Dixon, referência mundial sobre fundos soberanos e professor associado de Estudos de Tecnologia e Sociedade da Universidade de Maastricht, na Holanda e Victoria Barbary, diretora de Estratégia e Comunicação do Fórum Internacional de Fundos Soberanos, além de representantes de órgãos de regulação e legislação como Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e outros.

O evento é aberto ao público e acontecerá em formato híbrido: presencial (na cidade do Rio de Janeiro) e virtual (com transmissão em tempo real). Em ambas as modalidades, é necessário realizar inscrição no site https://www.fundossoberanos.sinteseeventos.com.br/.

Confira a programação do Seminário:
https://www.fundossoberanos.sinteseeventos.com.br/
https://www.instagram.com/forum.soberanos/

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Tags (palavras-chave): 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 29/11/2022 - 16:55