Ministério da Educação
Brasil - Governo eletrônico
UFF
Skip to Content

Home

Quem somos

símbolo internacional da pessoa com deficiencia

O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão-Sensibiliza UFF é resultado de um esforço conjunto de docentes, técnico-administrativos e alunos de vários setores da universidade e instituições parceiras, com o objetivo de fomentar a implantação e consolidação de políticas inclusivas na Universidade Federal Fluminense, por meio da eliminação de barreiras arquitetônicas, comunicacionais, metodológicas, instrumentais, programáticas e atitudinais enfrentadas pela comunidade.
Atualmente o NAIS é vinculado à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – Proaes, que tem por finalidade, desenvolver políticas de apoio estudantil por meio de ações que promovam a melhoria do desempenho acadêmico.
 

Conteúdo sindicalizado

Downloads

  • O Programa Brasileiro de Acessibilidade Urbana tem como objetivo estimular e apoiar os governos municipais e estaduais a desenvolver ações que garantam a acessibilidade para pessoas com restrição de mobilidade aos sistemas de transportes, equipamentos urbanos e a circulação em áreas públicas. Trata-se de incluir, no processo de construção das cidades, uma nova visão que considere o acesso universal ao espaço público.

  • Francisco José de Lima.
    Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP).

    O presente estudo faz uma discussão sobre os benefícios que o desenho pode trazer a pessoas portadoras de limitação visual, total ou parcial, mostrando que essas podem produzir e reconhecer figuras bidimensionais em alto-relevo, bem como defende a "limitação" em oposição a "deficiência", como descritivo para pessoas portadoras de limitações mental...
     

  • Nós, os participantes da Primeira Conferência da Rede Ibero-Americana de Organizaçőes Não-Governamentais de Pessoas com Deficiência e suas Famílias, reunida em Caracas, entre os dias 14 e 18 de outubro de 2002...

See video

Destaque

A XIII Feira Internacional de Reabilitação, Inclusão, Acessibilidade e Esporte Adaptado já começou

O maior evento de negócios em tecnologia para pessoas com deficiência começou nessa quinta-feira, dia 10, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP). A 13ª edição do Reatech, maior evento de inclusão da América Latina, traz inovações de mobilidade apresentadas por 300 expositores, o evento oferece palestras, orientações para financiamento e crédito de isenção de impostos na compra de veículos adaptados, e modelos disponíveis para test drive. 

A Empresa Metropolitana de Transporte Urbano, EMTU/SP, criou uma linha de ônibus gratuita para a Reatech, com veículos adaptados para transporte de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. A linha especial tem ponto inicial na Plataforma A do Terminal Metropolitano Jabaquara e funciona nos mesmos horários do evento.

Notícias

Comissão aprova lei para desconto em torpedos enviados por pessoas com deficiência auditiva

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou projeto (PL 3554/12, do Senado) que assegura descontos planos de mensagem de texto por celular para pessoas com deficiência de audição ou fala. Hoje, as operadoras já são obrigadas a oferecer esses planos especiais, mas a determinação é feita por meio de resolução da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O projeto torna essa medida expressa em lei.

Comissão aprova lei para desconto em torpedos enviados por pessoas com deficiência auditiva

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou projeto (PL 3554/12, do Senado) que assegura descontos planos de mensagem de texto por celular para pessoas com deficiência de audição ou fala. Hoje, as operadoras já são obrigadas a oferecer esses planos especiais, mas a determinação é feita por meio de resolução da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O projeto torna essa medida expressa em lei.

Os obstáculos diários dos estudantes portadores de necessidades especiais da UnB

Locomover-se pelo campus Darcy Ribeiro, especialmente pelo Instituto Central de Ciências (ICC), é um desafio para alunos portadores de necessidades especiais (PNE’s). Elevadores que não funcionam ou que não passam por manutenção, falta de banheiros adaptados, pisos esburacados e rampas muito íngremes são alguns dos problemas.

Em 2012, o diretor do centro de planejamento da UnB, Alberto Faria, afirmou, em entrevista, que a UnB investiria R$ 400 mil para instalação de elevadores adequados aos cadeirantes por todo prédio do ICC. Dois anos se passaram e os elevadores continuam sem funcionar ou sem manutenção. 

Durante a cerimônia de abertura da Reatech, Governador e Secretários anunciaram a criação do Selo de Acessibilidade Comunicacional

De 10 a 13 de abril, aconteceu em São Paulo, no Centro de Exposições Imigrantes, a 13ª edição da Reatech - Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão, Acessibilidade e Esporte Adaptado, voltada a produtos e serviços destinados a pessoas com deficiência.

SELO DE ACESSIBILIDADE COMUNICACIONAL

Durante a cerimônia de abertura da Reatech, Governador e Secretários anunciaram a criação do Selo de Acessibilidade Comunicacional, que indicará a adoção de recursos de acessibilidade em espetáculos culturais. O Selo entende a acessibilidade cultural muito além da mera acessibilidade física, como: rampa, elevador, sanitários maiores. São barreiras de comunicação que impossibilitam o pleno acesso à informação e aos produtos e serviços culturais. Itens como audiodescrição, intérprete de Libras, legendagem e/ou estenotipia, braile e fonte ampliada são considerados itens de acessibilidade comunicacional. A partir desses itens de acessibilidade, o selo identificará boas práticas de produtos culturais do Estado que garantam diferentes formas de acessibilidade para pessoas com deficiência. 

Prefeitura do Rio vai classificar pontos turísticos por grau de acessibilidade

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência do Rio de Janeiro entregou no dia 25 de março um diagnóstico de acessibilidade, com plano de orientação, para gestores de 250 pontos turísticos do Rio, incluindo estações de embarque e desembarque de diferentes meios de transporte. A pesquisa foi elaborada no ano passado e avaliou o local e o entorno desses pontos, como calçadas e estacionamento para pessoas com deficiência.

Os estabelecimentos foram classificados em bronze, prata, ouro e diamante, de acordo com grau de acessibilidade. A secretária Georgette Vidor explicou que uma equipe técnica vai acompanhar as adaptações dos locais em que a acessibilidade é ruim ou nula, que receberam bronze ou prata.

PROGRAMAÇÃO DO LABEM-UFF para o dia 16/05

O Laboratório de Educação Matemática – LABEM – é um espaço que articula professores de Matemática de diferentes níveis e modalidades de ensino, licenciandos de Matemática, estudantes de Pedagogia, profissionais da área de Educação, Matemática, Educação Estatística e Educação Matemática. O LABEM realiza parte de suas atividades na Faculdade de Educaçao da UFF, em Niteroi e, a partir de 2012, conta com a participação de professores do Instituto do Noroeste Fluminense de Educação – INFES-UFF – localiado em Santo Antônio de Pádua.

A proposta principal do LABEM é a de se constituir como um centro de referência para projetos e pesquisas na área da Educação Matemática na UFF, propiciando um espaço de reflexão, ação e intercâmbio com professores, grupos de pesquisa, movimentos culturais e educacionais.

A programação do dia 16 de maio está repleta de Minicursos enriquecedores. Confira:

Festival VerOuvindo traz filmes com acessibilidade ao Recife (PE)

De 4 a 7 de abril, às 14h, com entrada gratuita. Todos os filmes, de longa e de curta metragens, terão acessibilidade para as pessoas com deficiência visual. O VerOuvindo é o primeiro festival de filmes com audiodescrição, tradução de imagem, do Recife (PE). Todos os filmes, de longa e de curta metragens, terão acessibilidade para as pessoas com deficiência visual. Nesse primeiro ano, são quatro dias com exibições na Sala do Cinema da Fundação Joaquim Nabuco, no Derby, Recife.

Senac também vai participar da Reatech

O Senac São Paulo também vai participar da 13ª Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, no Centro de Exposições Imigrantes. Ele estará presente na feira com um estande onde será possível acompanhar palestras e workshops ministrados por experientes profissionais. Além disso, a instituição também será destaque em uma apresentação promovida pela organização do evento.

Worshop sobre Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Tecnologia Assistiva

No dia 10 de abril, das 9h às 17h, a ABRIDEF, vinculada à REATECH realizará um workshop: O Modelo Need to Knowledge – NtK, sobre o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Tecnologia Assistiva. 

Onde o recurso investido tem mais retorno : na academia, na indústria ou na combinação de ambas? Como as três metodologias de investigação científica, desenvolvimento de engenharia e produção industrial se combinam para gerar impactos sócio-econômicos?

Mesa redonda sobre Tecnologias Teleassistivas

A AURESIDE - Associação Brasileira de Automação Residencial realizará no próximo dia 20, na Expo Center Norte, um Fórum sobre Assistividade, Telecuidados e Telemedicina. O objetivo do evento é discutir algumas demandas e possibilidades de tecnologias de cuidados e atenção à saúde à distância, a partir das atuais tecnologias assistivas e de telemedicina.